As equipes masculina e feminina Sub 15 trouxeram o título com folga

As Seleções Pernambucanas de Basquete Sub 15, masculino e feminino, consagraram-se campeãs do torneio Nordeste de Seleções, que teve início no sábado (30\06..) e encerrou nesta segunda-feira (2), em Maceió (AL). As equipes pernambucanas ganharam com folga todos os jogos. Com mais essa vitória, o basquete pernambucano vai consolidando a sua imagem de liderança no Nordeste.

A idéia de realizar essa competição partiu do presidente da Federação Pernambucana de Basquete (FPB), Dirceu Manguinho, com o propósito de colocar os atletas em quadra para disputar campeonatos regionais, que há três anos não ocorriam, garantindo-lhes maior preparação e ritmo de jogo. Outra importante motivação para realização do regional é que a Confederação Brasileira de Basquete (CBB) anunciou a realização do Campeonato Brasileiro de Seleções Sub 15, ainda esse ano.

Além do presidente da FPB, a competição contou com a participação dos presidentes das Federações de Alagoas e do Rio Grande do Norte. Segundo Dirceu, para resolver as dificuldades com a falta de verba, que penaliza o bom desenvolvimento do esporte amador no Brasil, os atletas custearam a vigem. “Estávamos carentes de disputas regionais e esse campeonato veio com o intuito de ajudar os nossos atletas no sentido de lhes proporcionar mais ritmo de jogo para as competições nacionais’’, afirmou.

O presidente da Federação Alagoana de Basquete, Djalma. Santos falou da importância de outros estados se engajarem. “Esperamos que as federações próximas participem para fomentar o basquete da nossa região’’, salientou.

Durante a competição, cada equipe Sub 15 de Pernambuco entrou em quadra três vezes, ganhando todas as partidas com ampla vantagem. A final do feminino encerrou com o placar de 65×30 contra a equipe do Rio Grande do Norte, no Ginásio do Sesi. O destaque da equipe pernambucana armadora Marina Medeiros  que fez 21 pontos.

Após o jogo, o treinador da Seleção Feminina, Mário Ramirez, ressaltou que o campeonato surgiu como uma grande oportunidade para o desenvolvimento das atletas. “É essencial que elas participem de mais competições, temos uma grande carência nessa área”, frisou.

A final do Sub 15 Masculino aconteceu logo em seguida, com a vitória ‘elástica’ de Pernambuco sobre o Rio Grande do Norte por 67×26. O destaque foi o capitão Léo, que fez 22 pontos. “Foi muito bom trazer esse titulo para Pernambuco, depois de muitos anos sem ter esse torneio”, disse o atleta. O treinador da Seleção Masculina, Luiz Miranda, observou que a iniciativa das federações é muito importante para elevar o patamar do basquete nordestino. “Fico muito feliz em trazer esse título para o nosso Estado e gostaria de parabenizar todos os envolvidos na organização da competição”.

Guilherme Medeiros